Perseverança voluntária

Atualizado: 1 de ago. de 2019



Hoje o mundo tem mais de 2 bilhões de cristãos. Dessas pessoas, quantos serão os que buscam verdadeiramente a Deus? Quantas tentam alcançar o Senhor para viver próximo d’Ele? Quantas se dispõem a mudar para ser transformado? Deus tem muito para nos entregar. Mas não é Ele que deve vir até nós para isso, e sim, nós que devemos ir até Ele buscando mais.


E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia e gastara tudo o que tinha com os médicos; mas ninguém pudera curá-la. Ela chegou por trás dele, tocou na borda de seu manto, e imediatamente cessou sua hemorragia. "Quem tocou em mim? ", perguntou Jesus. Como todos negassem, Pedro disse: "Mestre, a multidão se aglomera e te comprime". Mas Jesus disse: "Alguém tocou em mim; eu sei que de mim saiu poder". Então a mulher, vendo que não conseguiria passar despercebida, veio tremendo e prostrou-se aos seus pés. Na presença de todo o povo contou por que tinha tocado nele e como fora instantaneamente curada. Então ele lhe disse: "Filha, a sua fé a curou! Vá em paz".

Lucas 8:43-48


Se você pegar sua Bíblia verá que, em muitos momentos, há multidões seguindo Jesus. Essas pessoas tumultuavam para ver algo, para testemunhar milagre, para usufruir do pão e peixe ou ser curado. Mas nesse meio todo, Jesus sempre estava atento aqueles que realmente O queriam.


Sempre houve e sempre vai haver multidão. Estão ali porque foram, não conhecem verdadeiramente Jesus e nem sabem o que fazem lá. Porém, nesse meio, também há aqueles que realmente querem o Senhor e é esse tipo de cristão que nós devemos procurar ser. Deixar de ser multidão para conhecer e ser tocado por Jesus. Deus está atento aqueles que realmente O querem. Ele sabe, tranquilamente, reconhecer aqueles que estão dispersos espiritualmente.


A história nos mostra que algumas pessoas se chatearam com Jesus porque Ele proferia palavras duras. E essas recuaram. Com receio desse risco, hoje temos lideranças que tem medo de anunciar verdades, pois, isso pode “afastar” pessoas. Porém, só recua quem é multidão, que não sente falta de uma vida sem a presença do Espírito Santo. Quem se diferencia, tem Jesus como vida ou morte, não sabe o que faria sem Ele.


Jesus ama a todos igualmente e os convida a viver a sua palavra. Mas Ele não faz questão daqueles que fazem pouco das suas verdades e propósitos. Esses ficarão para trás porque são capaz de sair de cidades e gastar tudo para visitar um amigo, ir a um show, conhecer alguém... Mas são incapazes de dedicar um final de semana ao Senhor.



Perseverança é a chave para sair de ser multidão e buscar a Jesus. Porque a jornada não será fácil. Você será motivo e alvo de piadas, críticas e questionamentos lá fora. Porém, temos que manter em mente que Jesus é maior do que tudo isso. Você quer ser um com Jesus? Então saiba que multidão nenhuma tira o que Deus reservou para você.


E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.

Jeremias 29:13


Na sua trajetória, muitas pessoas esbarraram em Jesus e, diferente da mulher do fluxo de sangue – que apenas encostou na borda de seu manto –, não tiveram nada. Porque esbarrar em Jesus involuntariamente não é buscar de todo o coração. Fuja do involuntário, não se deixe ser colocado em alguma situação diante de Cristo. Procure, queira, busque. Tenha maturidade para escolher a Deus, mesmo que seja mais difíceis da sua vida e tenha a certeza de que é a escolha mais importante porque afetará todas as outras áreas da sua existência.


Quando nos afirmamos cristãos, não podemos deixar que isso seja só um título. Afirmamos ser cristão por realmente precisar tocar e viver uma vida com Jesus. Sem Ele, não vivemos. Sem Ele, estamos acabados. Sem o direcionamento d’Ele, estamos perdidos. Não temos talento, sabedoria, caminho.


Somos uma geração imediatista. Não visitamos, não ligamos, não mandamos cartas. Entretanto, não podemos ser relapsos assim com Jesus. Pois também somos a geração que precisa conhecer Jesus e conhecer a Sua voz. Por isso, não permita que a Era Virtual distanciadora de pessoas tome conta do seu relacionamento com Deus. Passe mais tempo com Ele, leia a Bíblia, adore e ore por horas em casa. Tenha uma rotina acelerada no trabalho e nos estudos, mas não acelere e reduza o seu tempo com o Senhor.


A mulher do fluxo de sangue buscou Jesus intencionalmente. Ela tinha foco e sabia o que queria. Não estava no meio da multidão por curiosidade, sendo empurrada. O toque no manto de Jesus era tudo que ela tinha naquele momento e ela foi em busca disso. E você? O que você quer com Jesus? O que te faz buscar e enfrentar tudo por Ele?


Deus não está procurando 100 pessoas que ouviram falar d’Ele. Ele quer uma ou duas que realmente o amem. Dentro da multidão daquela época, Jesus tinha 12. Dos 12, Ele tinha três que eram realmente próximos, que viram coisas que os outros não viram. Não se conforme em ser parte da multidão e nem queira ser parte dos 12. Busque o círculo dos três. Faça parte do íntimo, daqueles que conheciam o coração de Jesus. E para isso, preserve. Persevere não apenas “não desistindo”, mas também encontrando o propósito correto. Persevere ajustando o seu caminho, tendo foco e acertando o alvo. Persevere sabendo para onde vai. Perseverar para estar perto de Jesus e sentir o Seu poder quando o tocar. E tenha certeza que o Espírito Santo não sairá de você. Ele vai estar o tempo todo te guiando, te mostrando o caminho e levantando pessoas para te ajudar.



É no perseverar é que as pessoas perecem. A maior dificuldade é perseverar em oração. A geração ora um dia e, na semana seguinte, esquece pelo que orou. Tem um milhão de propósitos e nenhum Norte. Tudo isso porque estamos tão alvoroçados com a vida que nos perdemos no caminho, perdemos o prazer pelas coisas.


Esqueça o imediatismo. Feche a porta do seu quarto e converse com Ele, mais do que você conversa com outras pessoas. Confidencie os seus segredos. O Senhor precisa ouvir a sua voz. Encontre prazer no seu relacionamento pessoal com Ele. É isso que irá dar resultados de mudança. Deixe Deus agir em você naturalmente, deixe Ele tratar o que precisa ser tratado, deixe Ele ajustar o Norte do seu trajeto – o propósito pelo qual você está correndo e buscando a Ele. Cristo tem muito para te entregar.


Quando o nosso propósito estiver correto, chegaremos até Jesus e conseguiremos tocá-lo. Iremos ser curados, mudados e daremos testemunho disso. Depois que a mulher tocou Jesus, ela foi curada e tudo mudou. E, com isso, ela precisou aparecer. Ela não podia esconder que aquilo tinha acontecido em sua vida.


O Senhor quer que você corra em direção a Ele. Com o caminho traçado em mente. Muitos não foram curados e perdoados porque ainda não foram para Jesus. Se conformaram em ser parte da multidão. Se você quer ser mudado, coloque propósito na sua busca. Por que você está aqui? Quais são os motivos pelo qual você ora? Por que você ama o próximo?


A verdade é que Jesus quer que você vá até ele. Mas não vá como qualquer pessoa ou de qualquer forma. Vá como alguém que busca a palavra para se encher, e não só para ministrar; que evangeliza para propagar a Glória de Deus, e não de forma vazia. Queira fazer e sinta Deus operando em você.


Não vá até Jesus para entregar o que sobra. Ele não quer sobras. Ele te quer por inteiro, da mesma forma que Ele se entregou por inteiro para salvar você. E não importa se o seu inteiro está machucado e ferido. Isso é tudo que você tem no momento? Então entregue! Por mais que você seja pequenininho, Ele te vê com olhos de amor e enxerga, não apenas o seu potencial, mas, principalmente, a sua vontade em entregar à Ele tudo que há em si.


Boa Jovem

Arthur Teixeira/09.03.2019


(Texto: Tainá Rodrigues | Fotos: Guilherme Simões)

91 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon