• boajovem

Recomeçar: um passo para superar

Atualizado: 2 de jan. de 2019



“As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim.”

Lamentações 3:22


Vasos de argila em processos de produção. O artesão coleta a matéria-prima, lava todas as impurezas, molda o formato, leva a fornalha e finaliza com a decoração. Caso o vaso não fique perfeito, o artesão desfaz e começa o processo novamente. Nós somos como vasos de argila, Deus é o artesão e a produção é o processo de purificação da nossa alma. É doloroso ser lavado, é doloroso ser queimado. Mas na terra, precisamos passar pelo doloroso processo de “produção” até que estejamos limpos e preparados para vivermos com Cristo. E Ele, delicadamente e minuciosamente, nos fará passar por esse processo quantas vezes for preciso. Moldar e remoldar. Começar e recomeçar. De novo, de novo, de novo, de novo...


Deus nos molda como vasos. Ele filtra a argila ruim e transforma em argila boa. Para isso, precisamos do processo de purificação e superação que, por sua vez, demanda muitos recomeços. E, por mais surpreendente que pareça, nada disso tem a ver com o que fomos ou somos, mas sim com aonde Deus quer nos levar.


Não há como superar sem antes detectar o que está te impedindo de avançar. Não há como superar sem decidir recomeçar. Mas superar o que e por quê? Barreiras e aflições sempre fizeram parte dos planos de Cristo, assim como o ensinamento de que precisamos ser sábios para tirar lições de cada momento de dificuldade. Deus nos permite passar por aflições como uma forma de teste: Ele quer saber em que lugar o nosso coração está, como estamos destinando o controle da nossa vida e a quem estamos verdadeiramente sendo fiel para seguir. Cada dificuldade funciona como uma fase e quanto mais rápido você aprender as lições e o segredo para superar, mas rápido você subirá de nível. E então, outras fases virão.



Certas vezes, é difícil manter esse foco tendo apenas o silêncio do pai. Mas saiba que mesmo em silêncio, Deus está trabalhando em você. Já parou para pensar que talvez você não ouça as respostas dos seus questionamentos porque não está preparado para elas? Independente da sua percepção, Deus tem todas as respostas que precisamos – o que, não necessariamente significa que são as que queremos.


Ganhamos e perdemos coisas, substituímos outras. Essa realidade pode ser dolorosa. Mas esse é o processo e essas são as cicatrizes que representam o nosso passaporte para a eternidade. Cristo decidiu não nos dar o que queremos, mas sim o que precisamos, porque Ele sabe que o que precisamos é infinitamente melhor do que o que achamos que queremos. E quando nós aprendermos a aceitar, valorizar e amar aquilo que precisamos, ao invés do que queremos, estaremos dando um passo pra entender o que Ele quer de nós.


Nós viemos a terra para entender que precisamos de recomeço, pois precisamos de Deus. E só conseguimos chegar n’Ele recomeçando, superando, nos renovando e nos transformando na melhor versão de nós mesmos. A boa notícia é que a oportunidade de fazer tudo isso nós já temos, porque o maior sacrifício para tornar isso possível foi assumido por Jesus.


Se você quer ter um objetivo na sua vida, que seja esse: permanecer na vontade de Deus até que Ele volte. O problema é que, às vezes, nem percebemos que estamos nos afastando dos propósitos d’Ele. Um dos primeiros passos para isso é começar a utilizar a presença de Cristo como moeda de barganha, se dirigindo a Ele apenas quando preciso e nos momentos de dificuldade. Sem lembrar de reconhecer e agradecer por toda a graça já concedida. Se isso estiver acontecendo na sua vida, saiba que é hora de recomeçar e, então, superar.



Para recomeçar é preciso ter entrega e foco total. Pode ser assustador, mas devemos encarar o recomeço como uma oportunidade e não com sentimentos de dor ou pesar. Devemos nos inspirar em Paulo e Ruth, alguns dos exemplos bíblicos de recomeço e superação. Saiba que recomeçar tem muitos pontos positivos, como: 1 – não precisamos cometer os mesmos erros; 2 – podemos selecionar melhor os nossos planos de estratégia, escolher em que vamos gastar nossa energia e tempo.


Lembre-se que Deus tira da nossa vida apenas coisas que não são importantes, que são substituíveis. Ele nos livra de tudo que é nocivo. Então se somos conscientes de Sua sabedoria, por que insistimos em desperdiçar tempo com coisas pequenas? A realidade é que, podemos ser limitados para desapegar do que é efêmero ou para ter estímulo e insistir no recomeço. Mas essa mesma afirmação não se aplica a Cristo. Sua misericórdia e poder jamais se esgotarão, pois, elas se renovam todas as manhãs.


“Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.”

Lamentações 3:23


Daniella Rocha

Boa Jovem/10.11.2018


(Texto: Tainá Rodrigues | Fotos: Vinícius Castro e Guilherme Simões)

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon