Um rumo para o novo ano

Atualizado: 11 de jan. de 2019



“Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor.”

Provérbios 19:21


Começou um novo ano e, nessa época, normalmente nos questionamos o que queremos de diferente para agora em diante. Nós reavaliamos os caminhos trilhados e traçamos objetivos para atingir nesse novo percurso. E, apesar de todas as “remodelagens”, saiba que um rumo precisa permanecer: aquele que coloca Deus como o foco da sua vida. Não apenas permanecer, mas fortalecer e ser intensificado. Precisamos de Deus como centro do nosso mundo para não nos perdemos nas curvas do labirinto da vida.


A Bíblia diz que será prevalecido os planos do Senhor. Então de que adianta lutar contra isso? Que benefício poderia trazer? Nós não estamos negando essa realidade apenas quando estamos distantes do cristianismo, mas também quando não colocamos Cristo em 1º lugar ou quando não oramos pedindo sabedoria e direcionamento. Deus é o caminho, a verdade e a vida, então Ele precisa ser o nosso pensamento principal, de gratidão e súplica, para que não sejamos fragilizados e manipulados pelas limitações da carne.


Ninguém está livre de sofrimentos ou problemas. Esses servem para nos ensinar lições, mostrar direções e nos aproximar do Senhor. Mas tendo Jesus como foco da nossa vida, não desvencilharemos e mesmo quando formos enfiados no centro dos problemas, também encontraremos o centro das soluções que pertencem aos planos d’Ele. Porque, acredite, os planos que Deus tem para você te farão inteiramente feliz. Deus mais do que ninguém quer te ver feliz, sorrindo e esbanjando sucesso físico, profissional, amoroso, e principalmente, espiritual.



Mateus 16:25 destaca: “Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á”. Em outras palavras: vivendo em Cristo, a gente ganha ou ganha. Mesmo quando, aparentemente, estamos perdendo algo. Afinal, já esclarecia o Pai-Nosso – “livrai-nos de todo o mal” – que muitas perdas, na verdade, seriam livramentos. Dessa forma, viver dedicado ao amor por Deus é a chave da nossa vida.


Quando perdemos algumas coisas por Jesus, ganhamos vida e uma vida perfeita e em abundância – não a vida limitada que os caminhos do mundo poderiam oferecer. Entretanto, quando Deus não é o centro do nosso mundo, tudo parece sem significado – conquista-se todos os objetivos, mas nunca se está satisfeito.


A mesma linha de pensamento está em João 10:9-10: “Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”. O mundo pode até oferecer abundância, mas jamais oferecerá vida. Pois a vida só se tem com uma felicidade pura, leve e genuína que flui naturalmente. E nada disso pode ser alcançado através do que é material. Tudo isso só conquistamos com Jesus. Tudo físico, sem Deus, é nada.


Pode parecer mais fácil ceder as opções mundanas, pode parecer possível viver “o melhor dos dois mundos”. Mas o morno não agrada ao Senhor e só nos afasta d’Ele. Não arrisque. Não troque quem deu a vida por você pelo respeito ou opinião alheia. Isso é finito, temporário, não vale a pena. Não permita que nada impeça Jesus de viver em você.



A Palavra é o único direcionamento “palpável” que precisamos – ela nos ajuda a evoluir, vencer, coordenar nossa vida e seguir o caminho correto. Mesmo quando acreditamos que não somos capacitados para algo, mesmo quando estamos focando nas nossas limitações e ignorando quem Deus quer que a gente seja com base no que Ele planejou para nós. Mas isso tem solução: Acredite n’Ele, foque n’Ele, se entregue à Ele. Coloque o Senhor como o centro da sua vida e o alicerce das suas atitudes. Ele é o único capacitado para te fazer crescer.


“Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a pedra angular”

Efésios 2:20


Significado de pedra angular: pedra fundamental utilizada nas antigas construções, caracterizada por ser a primeira a ser assentada no edifício. A partir dela eram definidas as colocações das outras pedras, alinhando toda a construção. A pedra angular é o elemento essencial que dá existência àquilo que se chama de fundamento da construção.


Jesus é a nossa pedra angular. É quem nos guia, direciona, destina e define. Não podemos deixar que Ele vire nossa religião, algo que praticamos aos finais de semana. Ele tem que ser a nossa fé e nossa bússola para todos os destinos da nossa vida. Se os seus passos forem guiados por Deus, você sairá ganhando mais uma vez.


“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”

Gálatas 2:20


Arthur Teixeira

Boa Jovem/05.01.2019


(Texto: Tainá Rodrigues | Fotos: Daniella Rocha e Tainá Rodrigues)


86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon